Parque

das Luzes

Uma Reportagem em Quadrinhos sobre a prostituição no parque mais antigo de São Paulo.

Em São Paulo existe o Parque da Luz, o mais antigo da cidade. Uma vez retiro da classe alta paulistana, hoje ele é frequentado pelo público geral – e por algumas pessoas que o cidadão comum se acostumou a não enxergar.


A reportagem em quadrinhos Parque das Luzes (60 páginas) acompanhou, por um ano, o dia-a-dia das mulheres em situação de prostituição dentro do Parque da Luz.


A história conta com os relatos de cinco mulheres: Mariana, Lourdes, Kika, Fernanda e Camila — além da Cleone, uma das fundadoras da ONG Mulheres da Luz. Elas falam sobre saúde, dia a dia, violência, religião, mídia e outros assuntos.


Essa HQ é a aposta em um jornalismo diferente. Longe dos tabus e opiniões invasivas, o Parque das Luzes é uma conversa sincera com mulheres que não têm a oportunidade de contar suas próprias histórias.


De onde você vem? Sua família sabe do que você faz? Você gosta de estar aqui? Para onde você vai quando seu dia acaba?


O interesse aqui não é no que é feito dentro do quarto. É maior, é humano.

O trabalho foi muito bem recebido por sites, canais e jornais. Parque das Luzes já saiu tanto nos grandes veículos quanto na mídia especializada.


Veja SP, Catraca Livre, Minas Nerds, Blog Vitralizado, Papo Zine, Universo HQ, entre outros!

Alguns detalhes sobre o gibi e o processo de produção:

Uma surpresa sobre o processo: nenhum rosto que você vê no gibi, exceto das fundadoras da ONG, é real.


Parte do processo de fazer o gibi foi entrar em um acordo com as mulheres, onde combinamos não revelar nenhum detalhe sobre a identidade delas.


Essa é a mágica dos quadrinhos: desenhamos as novas personagens juntas.


Tudo que vai, volta: As fundadoras e voluntárias da Mulheres da Luz receberam nosso trabalho completo. Uma cópia da HQ está disponível para leitura na ONG.

O Jornalismo em Quadrinhos ocupando espaços: Feito a 6 mãos, o Parque das Luzes foi um dos vencedores do 3º Prêmio Cásper Líbero, em 2019.


Da esquerda para a direita: Cecilia (desenhista e roteirista), Tainá e Maria Allice (Roteiristas)


Fomos para as universidades! Cecilia foi convidada para apresentar o projeto no colóquio do Observatório de Quadrinhos da USP.


Dupla da primeira Edição da HQ Parque das Luzes